DIWALI – Festival das Luzes – Índia

“O Festival de Diwali nos lembra que a centelha divina em nossos corações deve sempre permanecer brilhante e pura, inspirando nossos pensamentos, palavras e ações”

O Diwali – Festival das Luzes, é comemorado no primeiro dia do mês lunar Kartika, que ocorre no mês de outubro ou novembro em todo o país e tem a duração de cinco dias continuos.  

As comemorações são assim distribuidas: No primeiro dia são feitas as orações para a Deusa Lakshmi. É um dia muito importante para os comerciantes e empresários;

o Segundo dia é dedicado aos  fogos de artifícios  ( poucos) e ao puja(rituais de oferenda as deidades); o Terceiro dia é o dia principal, onde as donas de casa desenham os “Rangolis” ( desenho) na entradas das casas, acendem velas em todos os cantos ,sem deixar nenhum lugar escuro. Depois são feitos os “puja” direcionados a Lakshmi e logo a seguir a explosão dos fogos de artificios ;

Rangoli

o Quarto dia é o dia do Gudi Padwa, que simboliza o amor entre a esposa e o marido. Refeição especial  é feita para a ocasião e presentes são trocados: o Quinto dia é tido como o dia do irmão. As irmãs fazem um “puja” dirigido ao bem estar e saude deles e eles fazem uma marca na testa delas, como simbolo de saude e felicidade.

Diwali não é só comemorado pela maioria da população hindu na Índia, mas também por muitos outros sul-asiáticos , na sua diáspora pelo mundo, além de adeptos de outras religiões como o budismo, sikhismo e jainismo.
O palavra Diwali é derivada do sânscrito e significa literalmente “fileira de luzes”.Durante o festival de Diwali Mela portas das casas são adornadas com torans de folhas de mangueira e malmequeres.

Na Índia, o Diwali é sua maior e mais importante celebração , equivalente ao ano novo comemorado no Ocidente. Para celebrar o Diwali, as casas são pintadas com antecedência, as ruas e os templos são enfeitados,  pois os hindus acreditam que LAKSHIMI, a deusa da Riqueza e da Prosperidade, visita e abençoa os lugares e as casas limpas e iluminadas. Por essa razão cada um procura acender o maior número de lâmpadas e velas, para a prosperidade entrar em suas casas, templos e comercio.

as ruas da cidade decorada

A estátua e imagens da deusa hindu Lakshmi são carregadas pelas ruas em procissões onde participam milhares de pessoas , homenageando a Deusa.

LAKSHIMI, a deusa da Fortuna é adorada e reverenciada por todos, principalmente pelos empresários e comerciantes. De formosura ímpar, a sua beleza é comparada com a de Vênus, e também é considerada modelo de esposa ideal pelo seu amor e dedicação.

Sua imagem é sempre representada sobre uma flor de lótus, símbolo da pureza e tem uma das mãos levantada em postura de bênçãos de prosperidade. Ela é também considerada o aspecto feminino de Deus em todas as suas manifestações.Lakshimi, a energia da Mãe Divina, na crença hindu, alimenta a todos com sua beleza, harmonia e prosperidade e visita tanto as casas , como os corações. Ela chega derramando sobre a humanidade a abundância, despertando solidariedade, companheirismo, reverência e devoção.
Acreditam que o esplendor da Mãe Divina Lakshimi e a Misericórdia de Deus, vem dissipar o nevoeiro da ignorância, desamor e egocentrismo que ofuscam as pessoas e para dissipá-lo, traz o conhecimento , amor e discernimento para que a Luz volte a brilhar e sustentar a vida no planeta.
É um Festival que comemora a Expansão da Luz como vida, e a expansão da Luz é a essência do Amor.

variedade das velas para o Diwali

Shoppings enfeitados para o Festival

restaurantes

as ruas das cidades

Segundo a crença hindu, a luz de uma só lamparina pode acender milhares de outras, sem perder o seu brilho, assim como o Amor quanto mais é oferecido mais dele é abastecido quem o oferece.Onde a lamparina do Amor estiver iluminando, o Amor se manifesta propiciando Luz a partir da Divina Presença.

Durante o Diwali, os hindus celebram a renovação da vida e a abertura de um tempo de fartura de saúde, amor e realizações prósperas para a família, o país e toda a humanidade.

Rangoli com uma lampada de óleo

ORAÇÃO DE LAKSHIMI
Lakshimi, Deusa da Prosperidade e da Abundância, abro meu coração e meu lar com muito amor e exuberante alegria para recebê-la no meu Templo interno e no Templo da minha morada.
Que suas bênçãos cheguem a mim trazendo a pureza da flor de lótus, a harmonia nos meus relacionamentos e a prosperidade em tudo o que eu executar com fé, entusiasmo e altruísmo.
Que o aspecto feminino de Deus em todas as suas manifestações me tragam intuição, percepção, dedicação e receptividade, para que eu possa realizar todas as minhas atividades com alegria e felicidade.
Que sua majestosa beleza se reflita em meus pensamentos para que eu possa sentir, falar, ouvir e agir somente com a consciência da minha Presença Divina.
Que a sua Luz me envolva dentro de um campo magnético de Abundância para que eu possa ter tudo o que necessito e expandir essa minha Prosperidade para todos.
Tudo o que me for ofertado eu abençôo e consagro para a realização do Plano Divino.
Amada LAKSHIMI, bem vinda à minha vida e ao meu lar!
Eu Sou, Eu Sou, Eu Sou a manifestação de tudo o que desejo neste instante, hoje e sempre!
SHRIM!
Que as bênçãos de Prosperidade e Abundância de LAKSHIMI iluminem você, seu lar e seu trabalho, hoje e sempre.

About these ads

Publicado em 14 de novembro de 2010, em Índia. Adicione o link aos favoritos. 4 Comentários.

  1. valeria toscano

    Gostaria de saber quando é a proxima viagem, o preço, as condiçoes de pagamento e quantos dias, hotel e tudo mais que envolve esta viagem.
    Obrigada

  2. Verônica Rodrigues

    DIWALI = deve ser fantástico!!!!!
    Os Indiano, com suas tradições nos revelam a sua sabedoria, pois vivem em harmonia e verdadeira conexão com Deus.
    Realmente há muita pureza, mas não inocência e sim sabedoria.
    Essa oração de Lakshimi, é maravilhosa.
    AMEI!!!!!!!!

    • Eu gosto demais dessa oração, aliás a Índia é a minha casa, tudo me é familiar, seu povo, rituais, festivais, comida…..Quando estou lá minha alma se sente livre e posso voar.

      Namastê

  3. Impressionante, a pureza de sentimentos e de fé que o povo Indiano dedica aos seus Deuses.
    Chega a ser inocente mesmo, encantador.
    Renato

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 306 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: